terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Roteiro São Thomé das Letras

Sou uma pessoa que gosta de viajar. Meus pais me levaram para o nordeste e para o sul do país. Eles me ofereceram uma viagem aos EUA e ao Canadá (para estudar). Com isso, eles criaram um pequeno monstro.

Hoje em dia eu trabalho para juntar dinheiro e viajar, mas tenho percebido que trabalho muito e viajo pouco. Em 2016 decidi mudar essa situação. Eu estou cobrando mais viagens de mim mesma.
Em janeiro decidi visitar São Thomé das Letras, uma pacata (e brisada) cidadezinha de Minas Gerais. Vou dizer como foi o meu roteiro e espero ajudar quem está planejando esse rolê.
Eu fechei a viagem com um grupo de turismo e paguei R$300. O preço cobre o ônibus de SP-STL-SP, pousada (com café da manhã) e passeio por cachoeiras. Achei um preço justo.

Na noite de sexta-feira (29) encontrei o grupo no Terminal Tietê. Tínhamos um grupo no WhatsApp e foi fácil me enturmar. O horário do embarque chegou e... Onde estava o ônibus?! Pois é. Atrasou mais de uma hora. Os organizadores falaram sobre o atraso no evento do Facebook. Na minha opinião, isso já mostra a desorganização.. Mas vamos que vamos, né?

Nosso ônibus era bem confortável (aqueles de dois andares, manja?) e tirei alguns cochilos durante a madrugada. Fizemos uma parada no meio do caminho e chegamos em STL às 4 da manhã.
Enquanto a maioria se preparava para dormir o restinho de noite, eu e uma menina do meu quarto fomos ver o sol nascer na Pirâmide.

Pirâmide? QUÊ?


Pedreira 

Na verdade é uma casa de pedra que fica no alto de uma montanha de pedra (risos). Ali você sobre no telhado e fica sentado esperando o sol nascer ou se pôr. O lugar tem MUITOS nóias. Eu, paulista, gato escaldado, já estava prevendo que seria assaltada e meus órgãos seriam vendidos no mercado negro.
A menina que estava comigo já tinha ido pra lá outras vezes e disse que era de boa. Ok, fui. Realmente era de boa. Todo mundo naquela cidade é de boa. 



Sugestões para o nascer do sol na Pirâmide:
- Leve uma lanterna. Não tem luz e você vai ver o sol nascer, então ainda está escuro.
- Vai estar frio e ventando. Subir na pirâmide pode ser uma má ideia se você não estiver com uma blusa boa.
- Veja o sol nascer e se quiser, aplauda.
- Cuidado, porque tem um fucking abismo em alguns pedaços.

Eu sendo vida louca na beira do abismo


De boas no telhado



 Depois disso já era o café da manhã, então nem deu tempo de dormir. Nosso grupo se encontrou e fomos para as cachoeiras com um ônibus bem... rural. Estava um calor do inferno, então coloque um short, uma regata e um chapéu.  

Nosso roteiro foi:  Cachoeira Véu de Noiva, Paraíso, Antares, Cachoeira do Flávio, Ladeira do Amendoim e Vale das Borboletas. Todas as cachoeiras são fáceis de chegar, mas geralmente têm mini trilhas e descidas.  



Sugestões para as cachoeiras:
- Compre uma capinha a prova d’água para o celular. (Consegui uma por R$15 nas galerias da Av Paulista). Você com certeza vai querer tirar fotos perto da cachoeira.
- Vá de tênis e leve um chinelo na mochila. Para chegar na cachoeira é bom ir de tênis, mas nas cachoeiras é bom ter um chinelo. As pedras escorregam, não confie nelas (eu levei um escorregão LINDO e encharquei minha roupa).
- Leve protetor solar (muito protetor, na moral).
- Se você tiver que escolher UMA cachoeira, vá na Antares


Antares <3


Tinha mais borboletas em Antares do que no Vale das Borboletas 




Além das cachoeiras, fomos na famosa ladeira do amendoim.
Mano, vou jogar a real... Eu estou tentando entender o que acontece naquele lugar. Basicamente a história é que você deixa o carro em ponto morto e ele anda pra trás... EM UMA RETA. Pensei comigo: deve ser uma ilusão de óptica.



O guia foi fazer uma brincadeira, pedindo que andássemos de costas até uma placa e depois voltássemos também de costas... Daí a magia acontece: na ida você está andando normalmente, na volta você tem a impressão de estar descendo uma ladeira (tipo, sério! As pessoas perdem até o equilíbrio).
Eu mesma fui testar e fiquei impressionada. Aquilo desafia a lógica. Cheguei em casa e fui procurar alguma explicação lógica, mas não achei nada muito satisfatório.
Então se você puder, vá! É uma sensação difícil de explicar.

Meu grupo



 Saindo de lá, voltamos para a IMENSA cidade de São Thomé das Letras (fui irônica, bjs) para ver o pôr do sol na Pirâmide. Chegando lá encontramos o lugar LO-TA-DO. O telhado da Pirâmide estava abarrotado de pessoas e no chão havia mais centenas (?). Encontramos um cantinho e ficamos lá esperando o sol se pôr...
Admito: foi lindo e arrepiante. Centenas de pessoas aplaudindo o sol pode parecer meio idiota, mas não é. Agora tenho vontade de fazer isso todos os dias da minha vida.


Um portão qualquer de algum morador

Pessoas vendo o sol nascer na maior good vibe

Saindo de lá fomos para o hotel, tomei um banho e chequei o grupo do WhatsApp onde o pessoal se organizava. Eles estavam indo jantar em uma pizzaria chamada Ser Criativo. Lá tem uma pizza feita em uma “forma” de pedra e mano... É deliciosa.
A pizzaria fica logo atrás da Igreja amarela (numa cidade daquele tamanho, isso já é o endereço que você vai precisar). Estávamos em um grupo de 6 pessoas e pedimos duas pizzas + refrigerantes. Sabe quanto ficou? R$20 conto!

Depois disso rolou o carnaval antecipado da cidade, com direito a uma mini escola de samba e muita bebedeira. Fiquei só até as 3 da manhã porque fazia MUITO TEMPO que eu não dormia (sou de Humanas, não sei fazer conta).
No dia seguinte comprei lembrancinhas, fiquei na piscina da pousada, almocei e... Já era hora de partir de volta à minha SP.

Observações gerais sobre São Thomé das Letras:
- A cidade inteira é meio maconhada. Se você é contra e se incomoda com a erva, nem vá. A galera é brisada naturalmente.

- Compre um “chapéu de gnomo”. Fala sério! Melhor chapéu da vida.


 - Onde você olha tem um "montinho" de pedras. Você chega e vê milhares.. Não demora muito para que você também faça um. Esse é o meu:


Outros montinhos:


Resumo da ópera:
Vá para São Thomé das Letras. É uma cidadezinha bem de Humanas, good vibes e boa para relaxar. As 6 horas de viagem de SP pra STL realmente compensam. 





Um comentário:

  1. Cidade maravilhosa e mágica ,deixo aqui um contato de hospedagem bem em conta e com uma energia incrível https://www.facebook.com/cyroeelida/

    ResponderExcluir